UMA ESPERANÇA PARA O ESPORTE BARÉ

O Governador Amazonino Mendes devolveu as esperanças de dias melhores para o nosso Amazonas, na SEJEL, nada menos que a Secretaria de Esporte e Lazer da Juventude. Entendamos juventude como todos aqueles comprometidos com a saúde da mente e do corpo.

A secretária indicada para a pasta é a elétrica Janaína Chagas, que acompanho desde os seus primeiros passos com a raquete de tênis na mão direita. Sempre ligada aos esportes, jogou vôlei, tênis, futebol, tênis de mesa, handball, basket, judô e futebol.

Uma tarde, Serafim Correa e eu, estávamos indo para o Hotel Tropical na companhia do Ministro da Saúde, Jamil Haddad, fundador do PSB, atleta campeão de basket pelo Flamengo, quando recebemos a notícia de que a Janaína havia desmaiado após um choque no pescoço, com uma colega, durante uma partida na quadra do Colégio La Salle. Falei para o Serafim, e o Ministro, educado como poucos que conheci, falou-nos, com voz tranquilizadora

–  Se vocês não sabem, a Janaína será observada e tratada por um ortopedista com quarenta e oito anos de profissão”.

O Dr. Jamil saiu do carro e logo identificou a Janaína, que estava com uma toalha no pescoço e uma dedicada treinadora a virar-lhe a cabeça, talvez na esperança de servir um sarapatel ou uma cabidela. O Dr. Jamil olhou para nós e disse:

–  Ela está ótima. Nesta região, se você virar o pescoço, a cervical pode ir embora e a atendida morre na hora. Esses casos exigem imobilização e consulta a um especialista

Apresentou-se para a nossa futura secretária e disse que ela rapidamente poderia voltar a jogar. Ela não queria ouvir outra coisa e pulou para continuar na partida,

–  “Êpa moça, agora não, vamos dar um tempinho e quando a família deixar, você entra na quadra”.

O Ministro falou com a treinadora e com a mãe apreensiva, prescrevendo a medicação adequada.

Se deixarem a Janaína trabalhar, e ela é do ramo, a capital e o interior haverão de gastar muito suor, em dezenas de competições.

Os presidentes e ex de todas as federações do Amazonas, são seus amigos e amigos dos seus pais e avós. Será muito fácil para a Janaína, solicitar ao Presidente Vitor Hugo, da natação, que o campeonato escolar seja feito sob a batuta da Federação Aquática. O Dissica, do futebol, rezará para que isso aconteça.

A Janaína é tudo de bom acontecendo para o esporte da nossa terra.

E, agora, vamos ao “Cara”, o governador de quatro mandatos, Amazonino Mendes. Posso falar porque estive doze anos na oposição aos seus governos. O marqueteiro Tarimba e eu, de um lado, e os experts do Brasil, do outro. O Amazonino mostrava, nas telinhas, as coisas mais mirabolantes que iriam acontecer. O povo acreditava no Caboclo e não acreditava nem um pouco nos seus alunos.

Na última eleição que ganhamos dele, em 2004 para a Prefeitura de Manaus, nós já sabíamos mais de Amazonino do que ele próprio. Os seus marqueteiros voltaram a não falar das suas realizações e sim de projetos que o povo não conseguia entender. O Amazonino perdeu, apesar de haver construído todas as boas obras que funcionam e nos amparam. Hospitais, escolas, sambódromo com o Dr. Vivaldo, bumbódromo, delegacias, Escola Agrícola de Tefé e a sensacional e super indefesa UEA.

Durante os anos que fiquei na natação, o Governador Amazonino patrocinou todas as delegações para regionais e brasileiros. Quando ele reconstruiu o Vivaldão e a seleção brasileira negou o pedido do governo para inaugurar o estádio mais moderno do Brasil, falei com o Dr. Alfredo Nunes, Ricardo Teixeira e com o maior desportista de todos os tempos, João Havelange, e a solução positiva foi dada em vinte e quatro horas. O Dr. Havelange, porque resolvi um grande problema para ele, gostava de mim, de graça. Nos Jogos Olímpicos de Seul, o Grande Havelange retirou, do pescoço, seu Passaporte Olímpico e entregou a mim. Entrei em todos os jogos restantes e privilegiei o Dream Team de basket dos americanos.

Amazonino e Janaína, tenho certeza, darão um grande jeito nos esportes do Amazonas.

Estamos de parabéns.

Roberto Caminha Filho, economista, é nacionalino e fã da secretária da SEJEL

 

 

Deixe um comentário