Um escárnio, o contribuinte é quem vai pagar a eleição de suas excelências

O Senado aprovou projeto que cria fundo público de R$ 1,7 bi para financiar campanhas na eleição de 2018. Serão usados 30% das verbas das emendas de bancada e valores obtidos pela suspensão de programas dos partidos na TV. No final, quem paga a conta é o brasileiro, pobre ou rico, via recolhimento de impostos, dos mais pesados do mundo. Esses recursos, como é mais do que óbvio, deixarão de ser aplicados em saúde, educação, transporte público e de massa, além de outras graves carências da sociedade. Essa gente não toma jeito mesmo, usam e abusam da paciência do povo. Trata-se de um escárnio. Até quando?

Deixe um comentário