Sem nenhuma credibilidade, Eduardo Cunha acusa Janot

O ex-deputado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, preso há mais de um ano em Curitiba pela Operação Lava-Jato, afirmou, em entrevista à revista “Época” desta semana, que o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, queria usá-lo para derrubar o presidente Michel Temer. Quem hoje no Brasil ainda é capaz de acreditar em Eduardo Cunha, corrupto apanhado com contas no exterior e outros crimes? Evidente que ninguém.

Deixe um comentário