Segundo Segovia, a mala de Rocha Loures não é suficiente para demonstrar se houve ou não crime

Diz o novo diretor da Polícia Federal, Fernando Segovia, que uma única mala cheia de dinheiro, como a que foi recebida de diretores da JBS em uma pizzaria de São Paulo por Rodrigo Rocha Loures, devidamente filmada, não é suficiente para caracterizar ou resolver se havia ou não crime e se haveria ou não corrupção.

Bem, não dá para entender. O que é que falta, delegado?

Deixe um comentário