Maus Caminhos, à boca pequena

Corre à boca pequena que os investigadores da Maus Caminhos insistem em conhecer as relações de dois grandes empresários com o poder, com atuação no Estado do Amazonas nos últimos anos e em vários ramos de negócios.

Quando esteve preso, o ex-governador José Melo teria sido inquirido com insistência sobre a participação de ambos, na condição de amigos do próprio e em ações durante sua gestão governamental.

A conferir.

Deixe um comentário