Martinelli – marqueteiro baratíssimo

Confesso que fiquei surpreso com o preço cobrado pelo marqueteiro Marcos Martinelli ao candidato Arthur Virgílio Neto, reeleito prefeito de Manaus em 2016.

Pasmem os leitores, os valores alcançaram apenas R$ 900.000,00 (novecentos mil reais), divididos em R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), no primeiro turno das eleições, e R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), no segundo.

Convenhamos, trata-se de uma ninharia, considerando a importância do pleito, o Município de Manaus e a fama do marqueteiro Martinelli, que vem de algumas vitórias, embora registre igualmente derrotas relevantes.

O que causa espécie é que a dívida não foi paga pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e seu partido, o PSDB amazonense, mesmo estipulada em valores tão insignificantes.

Temos, realmente, um marqueteiro baratíssimo, que agora recorre aos meios judiciais para receber o que entende que lhe é devido.

Deixe um comentário