Manaus ao deus-dará

Com a crise no sistema de transporte coletivo, Manaus está ao deus-dará. A população tem sérias dificuldades para pagar o novo valor da passagem de ônibus, com aumento de quase 30% em menos de 30 dias. Veículos foram queimados no dia de ontem e as empresas acabam de retirar muitos ônibus das ruas, temerosas de que outras unidades sejam destruídas.

Assim, instala-se o caos, ausentes as autoridades municipais, que perderam inteiramente o controle da situação. Ninguém sabe quem hoje exerce o comando da Prefeitura, considerando-se o quadro de saúde do prefeito Arthur Virgílio Neto, cujo diagnóstico não oferece a indispensável clareza, a fim de tranquilizar a população sobre os atuais rumos da administração municipal.

Augura-se que o prefeito logo supere as dificuldades no tratamento a que se submeterá, com pleno êxito, mas é indispensável que se tenha uma definição urgente sobre quem de direito ou de fato deterá as rédeas do Município, especialmente em momento tão delicado da vida da cidade.

Deixe um comentário