Haverá grave fratura institucional, se o Senado suspender a decisão do Supremo, diz Ayres Britto, ex-presidente do STF

Está no Blog do Josias:

“Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, o jurista Carlos Ayres Britto observa com preocupação os desdobramentos do caso do senador tucano Aécio Neves, que eletrifica as relações entre o Senado e o órgão máximo do Judiciário. Em entrevista ao blog, ele declarou: “O que de pior pode acontecer neste caso é o Senado sustar a eficácia da decisão jurisdicional do Supremo. Os senadores não têm competência legal para isso. Seria inconcebível. Se acontecer, abrir abrirá uma fratura institucional exposta.”

Deixe um comentário