Em boa hora, Gilmar Mendes deixa o Tribunal Superior Eleitoral – TSE

O ministro Gilmar Mendes deixará o Tribunal Superior Eleitoral em fevereiro do próximo ano. Portanto, não presidirá as eleições gerais de 2018, quando serão eleitos o novo presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais. Já vai tarde o absolvidor-geral da República, que será substituído pelo ministro Luís Roberto Barroso, em muito boa hora. Que boa notícia.

Deixe um comentário